----

Sejam bem vindos ao Meu Mundo Subjetivo!

sábado, 24 de agosto de 2013

TARDES DE DEZEMBRO

TARDES DE DEZEMBRO

Barcos saem
Retornam ao entardecer
O vento afaga-me o rosto
O sol esquenta minha pele.

Uma lágrima escorre
Suavemente pelo rosto
Desvio o olhar
Insisto em te encontrar.

Você: aonde andarás?
As tardes de Dezembro
Tem sol, perfume, beleza
Encanto, saudade, tristeza.

São as mais belas tardes do ano
Tardes com perfume delicado
Trazem ao meu peito
Desalento, saudade...








....Frag-men-tos....Meus....