----

Sejam bem vindos ao Meu Mundo Subjetivo!

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Por um instante





Não sei quanto tempo durou, me deixei conduzir por estranhas sensações.
Elas diziam que sou capaz de arrancar suspiros ao sorrir, ao falar, que devo somente me soltar.
Libertei minha feminilidade, nunca liguei para questões de peso ou idade, porque beleza é a essência de quem tem espontaneidade, de quem sabe se gostar.
Vesti meu melhor vestido, maquiei o rosto, liberei meus 'eus' desconhecidos. Eles moram num cantinho mais reservado do meu silencioso  sorriso.
Coloquei minhas sandálias rasteiras de cor alegre, adereços não uso quase  nenhum. Saí pelas ruas me sentido leve.
Sorria, cantarolava, respondia cumprimentos. No entanto, em nenhum momento reparei se as pessoas me notavam.
Se viam a mulher que libertei, se com ela desejam conversar... Não vi, mas sorri e continuei meu passeio me percebendo, me redescobrindo, me sentindo muito mais mulher.

....Frag-men-tos....Meus....