----

Sejam bem vindos ao Meu Mundo Subjetivo!

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

musical

musical






acordei ouvindo notas e letras de canções
lembranças de momentos alegres e tristes que marcam a vida da gente
numa espécie de retratos e canções
pra ser jogados no lixo (Sandra de Sá)
ao som de Kid Abelha
me atirei do oitavo andar

corri na rua, na chuva
e na fazenda
pra me libertar de recordações horrendas
num sonho que eu tive



nos acordes da guitarra de Lulu Santos
vi a humanidade  caminhar em passos de formiga, sem vontade
desejei ir pra Califórnia, viver a vida sobre as ondas
como o último romântico me enchi de esperanças

embalado no som imortal do Sampa Crew
vivo um amor virtual
Nos dias de hoje tão normal
sei...a distância nos separa
prometi não chorar, chega de sofrer!
com Fábio Júnior sou caça e caçador
sem limites pra sonhar
busco a felicidade
só com você, que demorei tanto a encontrar

a desconhecida veio com Fernando Mendes
numa cadeira de rodas me aprisionei
pois você não me ensinou a te esquecer

por um minuto preciso te falar
não me deixe assim: sem chão, sem ar
D´Black veio pra me torturar com letras esmagadoras 
tento fugir e não consigo me livrar desse amor

amor perfeito, sem você não sei viver
você mulher pequena que faz meu coração disparar
nos amamos (tantas vezes!)
embalados pelas canções do Rei
as curvas de teu corpo 
são como as curvas  da estrada de Santos
me perdi nesse teu encanto, como te reconquistar?

deixei Pitty entrar
pra derrubar meu teto de vidro
equalizar você na nossa frequência
pra que eu possa te descobrir, sem máscara
sendo eu mesmo
você, apenas você
no palco do nosso musical
ao som da boa música popular desse nosso Brasil

aí veio Zé Ramalho dá uma palinha de seu cantar
dizendo que estou entre a serpente e a estrela
somos sinônimos
nos mistérios da meia noite
sou um lobo solitário
quase afogado num mar de doçura
esperando ser salvo por você: Minha Rainha
as suas preferidas da Cavaleiros do Forró
a vontade que eu  tenho é de gritar
cadê você?!!!
sem você minha vida é tão... vazia





....Frag-men-tos....Meus....