----

Sejam bem vindos ao Meu Mundo Subjetivo!

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Pedacinhos de mim

Quero


Quero com leveza penetrar seu coração
Despertar seus sentidos
Ter-te como homem
Amigo desconhecido
Nas asas da poesia
Ser igual borboleta
Viajar no infinito
Viver certezas e incertezas
Sem saber se seu amor é real
Ou não passa de minha ilusão
Meu imaginário
Campo fértil das emoções

Vall Nunnes  (08/10/13)

  
Barco dos sonhos
No barco dos meus sonhos
Carrego lamentos e desenganos
Que  quase me fizeram recuar
Segurei o remo
Nas águas calmas e luar sereno
Me coloquei a remar
A travessia durou uma noite
E ao raiar o dia
Minha tristeza não existia
Cheguei ao porto segura
Renovada
Pronta pra recomeçar.

Vall Nunnes  (08/10/13)
....Frag-men-tos....Meus....