----

Sejam bem vindos ao Meu Mundo Subjetivo!

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Dentro de mim




Reclusão


Deixei da andar atrás de todos que não me procuram
Cada um segue sua vida
Faço igual: sigo a minha


Arrastada pelas correntezas
Entre afluentes
Tentando chegar ao delta


Na sazonalidade das estações
Percebi que devo ser mais eu
Embalada pelas marés
Que sobem e descem

Assim meu coração se recupera
Desaguando em desilusões
Fui jogada a beira mar
Dentro de mim prefiro continuar



....Frag-men-tos....Meus....